Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

TV EM QUESTãO >

‘Size’ a gosto

Por Taís Brem em 28/01/2014 na edição 783

Na manhã de segunda-feira (27/01), os telespectadores da Rede Globo depararam com uma reportagem de incentivo a quem deseja perder peso. O dia foi propício, já que nada melhor que um início de semana para sugerir o estabelecimento de uma meta relativa ao emagrecimento. O momento midiático, pelo jeito, também. Afinal, embora o vídeo que mostrou o início da saga do ex-jogador de futebol Éder Ferreira dos Santos para diminuir seus 170 quilos não seja exatamente a estreia de um novo quadro dentro do programa Bem Estar, a tendência acompanha a onda que aparece na telinha pelo menos desde a primeira versão do “Medida Certa”, no Fantástico.

Na época, em 2011, os então apresentadores do dominical, Zeca Camargo e Renata Ceribelli, se dispuseram a passar por um desafio frente às câmeras para perder gordura e ganhar massa muscular, sob a supervisão de uma equipe multidisciplinar de profissionais, como nutricionistas e preparadores físicos. Foi um sucesso. Tanto que, além de estimular a audiência a seguir o exemplo, o quadro ganhou novas versões, dessa vez com celebridades como Ronaldo Nazário, Preta Gil e Gaby Amarantos posando de protagonistas.

A Record também deu seus pitacos em nome da melhoria da qualidade de vida quando chamou o ex-Travesso Rodriguinho para encarar seus quilos a mais no Domingo Espetacular. Outra aposta semelhante foi o quadro “Além do Peso”, que mostrou pessoas em situação de obesidade mórbida lutando contra a balança no Programa da Tarde, de Brito Jr., Ticiane Pinheiro e Ana Hickmann.

Os mais variados estilos de vida

As iniciativas são válidas, principalmente porque fazem questão de levantar a bandeira da saúde física e emocional. Por outro lado, deve-se ter certo cuidado para não confundir a cabeça da população, uma vez que o respeito à opção de quem não se importa de estar com uns quilinhos a mais tem sido bastante difundido em diversos setores. A moda plus size está aí para não nos deixar mentir.

Ao mesmo tempo em que se percebe todo um esforço para livrar a sociedade dos males do sedentarismo e da obesidade, há que se destacar, também, que nem sempre estar acima do peso representa um risco para a saúde. A ciência já mostrou, por A + B, que uma pessoa magra pode estar com o colesterol nas alturas quando comparado a um gordinho, por exemplo. Ao assistir a essas atrações, o risco, para os telespectadores mais volúveis, é simplesmente o de não saber identificar para que lado da fita métrica correr.

Num momento, a moda é emagrecer, fazer dieta, exercitar-se. No outro, é sentir-se à vontade com a própria silhueta, desfrutando, inclusive, das roupas no mercado próprias para acomodar medidas mais avantajadas.

Inevitavelmente, a audiência vai se pautar pelo que está assistindo. E num assunto como esse, em que a saúde do corpo e da mente ganha destaque, a atenção é fundamental. Vale expor a democratização dos mais variados estilos de vida, mas sem perder de vista o fator esclarecimento.

******

Taís Brem é jornalista, Pelotas, RS

Todos os comentários

TV EM QUESTãO >

‘Size’ a gosto

Por Taís Brem em 28/01/2014 na edição 783

Na manhã de segunda-feira (27/01), os telespectadores da Rede Globo depararam com uma reportagem de incentivo a quem deseja perder peso. O dia foi propício, já que nada melhor que um início de semana para sugerir o estabelecimento de uma meta relativa ao emagrecimento. O momento midiático, pelo jeito, também. Afinal, embora o vídeo que mostrou o início da saga do ex-jogador de futebol Éder Ferreira dos Santos para diminuir seus 170 quilos não seja exatamente a estreia de um novo quadro dentro do programa Bem Estar, a tendência acompanha a onda que aparece na telinha pelo menos desde a primeira versão do “Medida Certa”, no Fantástico.

Na época, em 2011, os então apresentadores do dominical, Zeca Camargo e Renata Ceribelli, se dispuseram a passar por um desafio frente às câmeras para perder gordura e ganhar massa muscular, sob a supervisão de uma equipe multidisciplinar de profissionais, como nutricionistas e preparadores físicos. Foi um sucesso. Tanto que, além de estimular a audiência a seguir o exemplo, o quadro ganhou novas versões, dessa vez com celebridades como Ronaldo Nazário, Preta Gil e Gaby Amarantos posando de protagonistas.

A Record também deu seus pitacos em nome da melhoria da qualidade de vida quando chamou o ex-Travesso Rodriguinho para encarar seus quilos a mais no Domingo Espetacular. Outra aposta semelhante foi o quadro “Além do Peso”, que mostrou pessoas em situação de obesidade mórbida lutando contra a balança no Programa da Tarde, de Brito Jr., Ticiane Pinheiro e Ana Hickmann.

Os mais variados estilos de vida

As iniciativas são válidas, principalmente porque fazem questão de levantar a bandeira da saúde física e emocional. Por outro lado, deve-se ter certo cuidado para não confundir a cabeça da população, uma vez que o respeito à opção de quem não se importa de estar com uns quilinhos a mais tem sido bastante difundido em diversos setores. A moda plus size está aí para não nos deixar mentir.

Ao mesmo tempo em que se percebe todo um esforço para livrar a sociedade dos males do sedentarismo e da obesidade, há que se destacar, também, que nem sempre estar acima do peso representa um risco para a saúde. A ciência já mostrou, por A + B, que uma pessoa magra pode estar com o colesterol nas alturas quando comparado a um gordinho, por exemplo. Ao assistir a essas atrações, o risco, para os telespectadores mais volúveis, é simplesmente o de não saber identificar para que lado da fita métrica correr.

Num momento, a moda é emagrecer, fazer dieta, exercitar-se. No outro, é sentir-se à vontade com a própria silhueta, desfrutando, inclusive, das roupas no mercado próprias para acomodar medidas mais avantajadas.

Inevitavelmente, a audiência vai se pautar pelo que está assistindo. E num assunto como esse, em que a saúde do corpo e da mente ganha destaque, a atenção é fundamental. Vale expor a democratização dos mais variados estilos de vida, mas sem perder de vista o fator esclarecimento.

******

Taís Brem é jornalista, Pelotas, RS

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem