Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

TV EM QUESTãO > AUDIÊNCIA

Twitter e Ibope fecham parceria

Por Cibelle Bouças em 13/05/2014 na edição 798
Reproduzido do Valor Econômico, 8/5/2014; intertítulo do OI

O Twitter, serviço de microblog que permite o compartilhamento de mensagens de até 140 caracteres, anuncia hoje uma parceria com o Ibope Media para desenvolver ferramentas que permitirão medir a repercussão do conteúdo televisivo no ambiente digital. Um dos serviços vai permitir que emissoras de TV e agências de publicidade possam medir em tempo real como usuários do microblog reagem a conteúdos transmitidos na TV aberta e na TV por assinatura.

Essa é a primeira parceria do tipo realizada pelo Twitter com uma empresa de pesquisas na América Latina. No mundo, o microblog tem outros parceiros – Nielsen, GfK, Kantar e Video Research, que medem o impacto de campanhas de marketing no Twitter em países da Europa, Ásia e nos EUA.

Orlando Lopes, executivo-chefe do Ibope Media, disse que a expectativa é começar a fornecer o serviço de métricas para empresas no Brasil até o fim deste ano e, a partir de 2015, expandir a oferta para Argentina e Colômbia. “O acordo vai ajudar a acelerar a expansão da nossa operação na América Latina”, disse Lopes. O Ibope Media será a única consultoria especializada em medição de audiência de TV a manter um acordo do tipo com o Twitter na região. Lopes apontou ainda como um diferencial em relação a outros parceiros a medição minuto a minuto do engajamento de usuários em campanhas publicitárias e conteúdos de TV.

As duas companhias não divulgam os detalhes financeiros do acordo e nem a projeção de geração de receita com a medição de audiência. Lopes disse apenas que os serviços serão vendidos pelo Ibope Media e as companhias compartilharão a receita.

Programas ao vivo

Para Guilherme Ribenboim, diretor geral do Twitter Brasil, o serviço poderá contribuir para incrementar a receita do microblog no Brasil. No mundo, a companhia fechou 2013 com aumento de 110% em receita, para US$ 665 milhões, e prejuízo de US$ 645,3 milhões, ante um prejuízo de US$ 79,3 milhões em 2012, por conta de gastos operacionais elevados.

O microblog não divulga dados de receita e de audiência por país. Ribenboim disse que o Brasil está entre os cinco principais mercados em audiência e receita. No mundo, o Twitter possui 255 milhões de usuários. Em 2013, o Brasil era o segundo mercado do microblog, com 33,3 milhões de contas.

O Twitter existe há oito anos e tem operação direta no Brasil desde novembro de 2012. Atualmente, a companhia mantém no país uma equipe de 50 funcionários, com escritórios em São Paulo e no Rio de Janeiro. O Twitter gera receita com publicidade. No país, mais de 80 dos 100 maiores anunciantes fazem campanhas de marketing no microblog.

Sem citar números, Ribenboim disse que a operação no Brasil tem sido favorecida este ano pelo interesse de agências de publicidade e companhias em desenvolver campanhas publicitárias que têm como mote a Copa do Mundo da Fifa. “A operação está indo bem no Brasil, estamos crescendo e a expectativa é acelerar o aumento de receita com novos serviços para agências de publicidade e produtoras de conteúdo para TV”, disse.

No Brasil, 54% dos internautas assistem TV enquanto estão conectados à web e 38% comentam sobre o que assistem em redes sociais, sendo que 95% das conversas sobre TV em sites abertos são realizadas no Twitter, segundo o Ibope Media. “A relação entre o Twitter e a TV é simbiótica, as ações de marketing nas duas plataformas geram mais ganho para os anunciantes. Os serviços novos vão permitir medir esses resultados das campanhas”, afirmou Ribenboim.

Carlos Moreira Júnior, diretor de desenvolvimento de mercado do Twitter Brasil, disse que a medição do impacto de campanhas em tempo real ajudará as empresas de TV a adaptar conteúdos, sobretudo em programas ao vivo. E, permitirá aos anunciantes medir o resultado de ações de marketing, como distribuição de cupons de desconto no Twitter combinados com anúncios de TV.

>> Confira a reportagem em vídeo no link www.valor.com.br/videos

******

Cibelle Bouças, do Valor Econômico

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem