Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

TV EM QUESTãO > TV POR ASSINATURA

Base de assinantes cresce 4,1% no acumulado do ano até maio

Por Fernando Lauterjung em 01/07/2014 na edição 805
Reproduzido do Tela Viva News, 27/6/2014

O mercado de TV por assinatura brasileiro fechou o mês de maio com 18,76 milhões de assinantes, o que corresponde a um crescimento de 4,1% no acumulado do ano. Com esta base, a penetração do serviço chega a 28,72% dos lares do País, tendo como base o número de domicílios estimado a partir dos dados publicados pelo IBGE.

O crescimento do DTH mantém-se mais acelerado do que o do serviço prestado por TV a cabo. Dos 740 mil assinantes conquistados pelo serviço de TV por assinatura em 2014, aproximadamente 502 mil são de operadoras de DTH, ou seja, dos assinantes entrantes, 67,83% contam com recepção satelital.

A base em maio do DTH foi de 11,63 milhões, enquanto o serviço por cabo fechou o mês com 7,11 milhões de assinantes. MMDS e TVA ainda contam com 14,18 mil e 3,7 mil assinantes respectivamente.

A região Sudeste ainda é a que “puxa” a base para cima, com uma densidade de 40,70% dos domicílios. As regiões com maior campo verde para a TV paga são a Nordeste, com densidade de apenas 13,21%, e Norte, com TV por assinatura em 17,14% dos lares. As regiões Centro-Oeste e Sul contam com densidades de 26,36% e 28,29%, respectivamente, próximas à média nacional.

Na divisão por grupo econômicos, a Telmex (Claro/Net) é a que tem a maior base – 10,03 milhões, tendo acumulado 306,24 mil novos assinantes em 2014 até maio. Depois vem a Sky, com 5,57 milhões, somando 161,71 novos assinantes no acumulado do ano. Na sequência estão Oi TV, com 863,0 mil; GVT TV, com 785,13 mil; Vivo TV, com 617,91 mil; Big Brasil, com 159,57 mil; Algar (CTBC Telecom), com 134,48 mil; NossaTV, com 112,08 mil; Cabo Telecom, com 49,09 mil; e Prefeitura de Londrina/Copel, com 11,20 mil. Outras operadoras somaram em maio 414,47 mil assinantes.

Em relação ao desempenho de abril, houve uma leve aceleração do ritmo de vendas, impulsionadas, sobretudo, pela Sky e pelo grupo Claro/Net (cujos dados isolados ainda não foram divulgados pela agência).

******

Fernando Lauterjung, do Tela Viva

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem