Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > TELEVISÃO

Time Warner briga com redes a cabo

Por David Gelles em 29/03/2011 na edição 635

A Time Warner Cable, segunda maior provedora de TV a cabo dos Estados Unidos, está brigando com as redes de televisão para saber quem controlará os direitos de transmissão dos conteúdos ao vivo para os dispositivos móveis dos consumidores. A disputa eclodiu na semana passada, quando a Time Warner Cable, que fornece TV paga a 14,5 milhões de residências nos EUA, lançou um aplicativo para o iPad, da Apple, que permite a seus clientes assistir programação ao vivo no tablet, inclusive de canais a cabo como a MTV, a Food Network e o Discovery Channel. Os usuários só podem assistir aos canais ao vivo se estiverem conectados à internet sem fio em suas casas, conexão que a Time Warner Cable também fornece.

As redes de TV a cabo dizem que a Time Warner Cable ultrapassou os limites. A Scripps, proprietária da HGTV, que foi oferecida para transmissão no aplicativo, disse ‘não ter concedido direitos de transmissão de vídeo para iPad a qualquer distribuidora’ e que está se ‘dedicando intensivamente a desfazer quaisquer mal-entendidos sobre a questão’.

Mas a Time Warner Cable disse que não recuará. Alex Dudley, vice-presidente de relações públicas da companhia, afirmou que não há planos de reduzir o número de canais no aplicativo e que ‘mais funcionalidades e alcance estão por vir’. Dudley disse que a Time Warner Cable tinha o direito de fornecer a programação aos iPads, como parte de seus contratos já firmados com as operadoras de TV a cabo. ‘Não estamos fazendo, com o aplicativo para o iPad, nada de diferente do que já fazemos’, disse ele. ‘Estamos fornecendo o conteúdo pelo qual nossos clientes pagam por meio da segurança da nossa rede em suas casas.’

Serviço de autenticação

À medida que mais consumidores assistem à programação em computadores e aparelhos móveis, as redes empenham-se em proteger seus lucrativos acordos com as provedoras de TV a cabo e em garantir que elas sejam compensadas pela oferta de seu conteúdo para transmissão online.

‘As empresas de conteúdo observam o movimento bem de perto’, disse Shahid Khan, consultor da Media-Morph. ‘Elas querem cada centavo e cada tarifa adicional que puderem obter.’ A TV Everywhere, serviço de autenticação que está sendo adotado pelas provedoras e redes de TV a cabo, permitirá que os clientes pagantes de TV a cabo assistam aos canais que comprados em aparelhos móveis em qualquer lugar onde estiverem. Khan disse que o aplicativo da Time Warner Cable não representava uma ameaça à TV Everywhere.

******

Do Financial Times, de Nova York

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem