OI na TV

ELEIÇÕES ELITIZADAS 2012

Quanto custa ser eleito?

Alberto Dines | Programa nº 655 | 04/09/2012 | 1 comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Ficamos distantes das urnas ao longo dos 21 anos da ditadura militar. Agora, de volta à democracia, a cada dois anos participamos de uma grande festa eleitoral.

A mídia adora eleições porque eleições produzem debates e debates garantem a continuidade do processo. Mas nosso calendário eleitoral estabeleceu paradigmas e dinâmicas que podem nos conduzir a retrocessos.

A regulamentação da propaganda eleitoral - teoricamente uma ferramenta democrática - do jeito que foi concebida e se desenvolveu, está se tornando uma barreira para o acesso do cidadão à vida política, quando deveria ser o contrário.

À medida que os cartazes, panfletos, santinhos, faixas de rua e jingles de rádio foram sendo substituídos por material televisivo de alta qualidade, os custos de produção tornaram-se astronômicos e proibitivos.

A propaganda gratuita é teoricamente gratuita, os tribunais regionais eleitorais garantem a veiculação proporcional do material propagandístico mas a produção de 30 segundos de Tv em alta definição chega facilmente à casa dos 250 mil reais.

A candidatura a um posto eletivo já não representa o sonho de um cidadão, é um investimento, investimento pesado, que poucos têm condição de bancar. E o que acontece? Este cidadão é obrigado a buscar parceiros, além do universo partidário, em empresas, confissões religiosas ou lobbies - legais ou ilegais.

A fiscalização da justiça eleitoral costuma ser rigorosa, a origem dos recursos não pode ser clandestina, então surge o famigerado "caixa dois", que conseguiu o milagre de converter um ilícito em algo quase lícito.

Além de consagrar candidatos, partidos e coligações, eleições deveriam constituir uma oportunidade para discutir o próprio sistema eleitoral. Não é o que se vê. Mas é o que este Observatório faz hoje.

ATENÇÃO: Será necessário validar a publicação do seu comentário clicando no link enviado em seguida ao endereço de e-mail que você informou. Só as mensagens autorizadas serão publicadas. Este procedimento será feito apenas uma vez para cada endereço de e-mail utilizado.

Nome   Sobrenome
 
     
E-mail   Profissão
 
     
Cidade   Estado
 
     
Comentário    

1400
   
Preencha o campo abaixo com os caracteres da imagem para confirmar seu comentário, depois clique em enviar.
Recarregar imagem
   
   



Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.

 

 Durvalino Ferreira
 Enviado em: 08/09/2012 13:31:41
... há que se ficar atento a questao da propaganda eleitoral. caixa dois ou nao, o tribunal eleitoral precisa se ater ao volume de propaganda nas ruas e na midia versus o montante da despesa registrado. a analise dessa correlaçao é bastante interessante .....