Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > UOL

Mara Gama

08/12/2009 na edição 567

‘O dia nacional do samba, que não deve estar na maior parte dos calendários brasileiros, teria sido criado na Bahia para homenagear Ary Barroso. ‘Ary já tinha composto seu sucesso ‘Na Baixa do Sapateiro’, mas nunca havia posto os pés na Bahia. Esta foi a data que ele visitou Salvador pela primeira vez. Atualmente duas cidades costumam comemorar o Dia do Samba, Salvador e Rio de Janeiro’. A informação está no site Academia do Samba.

O UOL registrou na home page dando link para um álbum de fotos sobre filmes sobre o samba.

As estações de Música e a Rádio UOL não registraram a efeméride. Muitas playlists de samba, clipes e vídeos da TV UOL poderiam ter sido selecionados para o leitor nesta terça-feira, 2 de dezembro.

Baden Powell canta ‘Samba em Prelúdio’, de Vinicius de Moraes, no programa Ensaio, que está na TV UOL

Tempo e dinheiro

Leitores têm reclamado nos últimos dias da ausência de dois serviços importantes na home page do UOL: a previsão do tempo e os índices econômicos.

‘Gostaria de pedir a volta de uma pequena barra que continha a previsão do tempo, o índice Bovespa do dia e a cotação do dólar. Considero-a bastante útil e uma maneira fácil de acessar aquelas informações’, escreveu Valéria.

Além da falta dos serviços, os internautas se queixam da falta de informação a respeito destes serviços. ‘Por que tiraram da página principal a previsão do tempo? Este item é muito importante’, escreveu Maria Aparecida, no dia 1º de dezembro.

As informações sobre bolsa de valores e cotações foram reinseridas na home page do portal na tarde de hoje, dia 2, por volta das 17h30.

Haviam sido retiradas por problemas com os fornecedores do conteúdo. As interrupções têm sido constantes.

O quadro sobre previsão do tempo continua fora da primeira página. Deve voltar a ser exibido na próxima semana, segundo estimativa da área de parcerias do UOL.

Pelo que percebo das mensagens recebidas, o acesso a estas informações já faz parte do cotidiano do público do UOL.

Tendo isto em mente, penso que a Redação deve imaginar formas alternativas de informar sobre estes dois assuntos quando há problemas técnicos ou de qualquer outra ordem com os sistemas atuais. Se não é possível exibir o quadro ou se a rota para obter uma determinada informação tem problemas, que tal publicar em texto simples a mesma informação e colocar um link na home page?

Além da necessidade desta flexibilidade, seria fundamental retomar uma rotina que o portal já teve de avisar seus leitores quando um serviço é interrompido.

***

‘Imagem não fala por si’ (1/12/09)

Os leitores Cezar e Ethevaldo criticaram na manhã de hoje a manchete da home page e da reportagem que foi publicada no UOL com declarações do presidente Lula em Portugal:

‘Para Lula, imagens de Arruda não falam por si’.

‘A manchete dá a entender que o presidente falou das imagens do Arruda. O presidente, todos sabemos, falou genericamente porque não viu as imagens citadas. Portanto, a manchete é capciosa e mentirosa. Uma vergonha para um jornalismo que se diz sério e imparcial’, escreveu Cezar.

Para Ethevaldo, ‘o título está tirado do contexto da declaração do presidente. Ao ler o restante da notícia, fica clara a intenção de Lula de não opinar sobre algo que ainda será julgado – por mais evidente que seja. Tanto assim que ele afirma presidente não dá palpite. O título da forma que está induz o leitor a erro, pois o leva a pensar que o presidente está justificando ou tentando inocentar o governador do DF’ .

A reportagem, de autoria da Empresa Brasileira de Comunicação, EBC, traz vídeo em que se vê o presidente respondendo a uma voz feminina (provavelmente de uma repórter, que não está em cena): ‘As imagens falam por si’, diz a voz.

Ao que o presidente responde: ‘Imagem não fala por si. O que fala por si é todo o processo de apuração, todo o processo de investigação.’

A frase foi citada em todos os grandes sites de notícias e muitos blogs e colunas de política. A formulação escolhida pelo UOL dá margem a críticas. Não fica claro na entrevista se Lula se referia às imagens específicas. Melhor seria esclarecer e publicar só o que está confirmado.

***

Troca de fotos na tradução de texto da ‘Spiegel’ no UOL (30/11/09)

Os leitores José Cláuver, Derly, Romeu e Régis criticaram a troca de fotos feita pelo UOL em reportagem sobre o governo Lula traduzida da revista alemã ‘Der Spiegel’.

Os leitores consideram que a mudança das fotos altera o sentido da reportagem deliberadamente.

‘Na reportagem da revista ‘Der Spiegel’ sobre o Brasil e Lula lamentavelmente o UOL sonega informações de seus assinantes, omitindo a foto de Lula junto com a Dilma e colocando uma foto que não existia na reportagem original. Este procedimento tira credibilidade desta empresa e afasta assinantes’, escreveu Derly.

‘Por que ao transcrever a matéria da revista ‘Der Spiegel’ o UOL não colocou as fotos ali publicadas e sim colocou outras aparentemente para diminuir os elogios ao presidente Lula e para o papel da Ministra Dilma? Vamos ser mais honestos!’, escreveu Romeu.

Régis escreveu:

‘As fotos (da tradução publicada no UOL) não apresentam qualquer semelhança com o que a revista alemã quis retratar. Pode se notar que em uma das fotos, a que mostra uma cidade com as luzes parcialmente apagadas, a Folha (na verdade trata-se do UOL e não da Folha) descreve a foto com a seguinte frase: ‘O apagão em 18 Estados brasileiros levanta dúvidas sobre a real capacidade do Brasil decolar’.

Contudo, a menção da revista se deve ao acelerado crescimento econômico do país, que esbarra em uma burocracia exacerbada, na busca de resgatar décadas de atraso quando governos anteriores não investiam em infra-estrutura, e não à capacidade brasileira de desenvolvimento. Infelizmente, essas ações de se querer desdenhar o crescimento do Brasil, têm sido mais vistas nos meios de comunicação brasileiros (vide FSP) que nos jornais e revistas estrangeiros.’

O leitor José Cláuver citou site que reproduziu a reportagem publicada pelo UOL e perguntou: ‘Se o portal apresenta a tradução de uma reportagem, as fotos originais deveriam ser mantidas. Não houve aí a atitude deliberada de deletar a pré-candidata Dilma Roussef?’

Consultei a Redação sobre o caso. Fui informada que o UOL compra os direitos de tradução e publicação da revista ‘Der Spiegel’, mas não as fotos da revista. Assim, não é a primeira vez e não será a última vez que as reportagens da revista serão publicadas com fotos diferentes.

‘Traduzimos na íntegra as reportagens e enriquecemos com fotos, vídeos e tabelas do conteúdo UOL. A ideia é tornar a leitura mais agradável e ampliar a oferta de links para o internauta’, informou o responsável pela área de Notícias, Rodrigo Flores.

Flores enviou à ombudsman trecho do texto da revista que fala do apagão:

‘O imenso apagão que ocorreu simultaneamente em grandes partes do país, há duas semanas, teria sido um sinal de alerta de que o governo está indo além de sua capacidade? A modernização da infraestrutura decrépita do Brasil está avançando, mas lentamente. Bilhões de dólares em investimentos em portos, construção de estradas e no setor de energia existem apenas no papel, com a implantação atrapalhada por uma burocracia kafkaniana e um Judiciário moroso. Além disso, o país também não teve muito sucesso no combate à criminalidade.’

Consultei a Direção de Conteúdo sobre o episódio, para entender como funciona a publicação destas traduções e a inserção de fotos. ‘No caso da ‘Der Spiegel’, compramos apenas os direitos de reprodução do texto (e não o de fotos). Quando recebemos o texto e fazemos a tradução, normalmente a revista ainda não foi impressa nem o texto foi publicado no site, de modo que normalmente a Redação desconhece qual será a edição fotográfica que acompanhará o texto na revista’.

A Redação reafirmou que não considera que houve erro na edição fotográfica do UOL.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem