Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MOSAICO > iG

Mario Vitor Santos

16/10/2007 na edição 455

‘Há seis meses, o iG publica na capa do Último Segundo, seu site de notícias, uma chamada para reportagem velha. Ao longo desse tempo, o título é o mesmo, dia após dia, nunca é trocado. Sempre a mesma estranha referência, que diz, na linguagem às vezes confusa da internet: ´Verme superior – Steven Berglas [o nome do autor] Ao pensar em um astro desses vem à me…´. O texto é cortado e continua depois de um clique. Lá dentro pode-se ler a reportagem inteira.

Página de Economia de quarta-feira, com destaque para ´O verme superior`

Imagem feita em 16 de setembro para a nota ´Cacciola e rapidez` mostra que o destaque é fixo na página

A origem da reportagem é de um parceiro do iG, que fornece o conteúdo para a página chamada Harvard Business, com artigos traduzidos da Harvard Business Review, publicação da prestigiosa Harvard Business School (leia aqui o que a revista diz de si mesma). A reportagem mais recente é essa do verme, publicada em 26 de abril passado. O título está na capa da seção de Economia do Último Segundo. Há quase seis meses, portanto, o conteúdo da página em questão não é atualizado.

Na capa da seção de Economia há apenas um indício sobre quando a reportagem foi publicada: 16h07. Não aparece o dia, só o horário. Pode ser de ontem, portanto. Uma simples visita à página de Harvard Business revela a data da publicação. As notícias anteriores parecem ter sido publicadas em blocos. Várias vieram a público num mesmo período, seguindo-se um bom tempo sem que nada de novo aparecesse.

O artigo ´O Verme Superior´, publicado em abril

Nada na seção informa ao leitor que as notícias são publicadas a cada dois, três ou quatro meses, muito menos seis. A impressão que dá é a de que existem áreas esquecidas no noticiário do portal, que ninguém lê nem cuida com regularidade. Por diversas razões, isso pode acontecer num portal com muito conteúdo. O estranho é que dê relevo em capas de seções a conteúdos que não são atualizados.]

Quem entra no iG deve ter a confiança de que vale a pena clicar numa notícia destacada. Último Segundo é um nome que expressa um compromisso de contínua renovação de notícias e artigos a um ritmo de segundos, não de meses. Se uma reportagem na capa do site de notícias não é atualizada há tanto tempo, ele se arrisca a ir caindo no descrédito. Jornalismo tem que estar apoiado em diversas bases. Uma das mais importantes, como todos sabem, é a atualidade.

Em tempo: a reportagem do verme é muito interessante. Fala dos desvios de personalidade das pessoas que são ´estrelas do desempenho` no mundo profissional.’

***

A física do jornalismo (9/10/2007)

‘Saiu hoje o Nobel de Física para dois cientistas que descobriram separadamente um novo efeito eletromagnético que permitiu a redução radical dos discos rígidos de computadores e outros aparelhos digitais. O título que o iG destacou para o assunto aparece há várias horas na capa: ´Ciência e Saúde – Técnica usada em HD rende Nobel de Física´.

A reportagem que serviu de base para esse título foi publicada, como o texto informa, às 7h20 da manhã de hoje. Até agora o texto não foi mudado. Tem apenas nove linhas. Várias outras reportagens do iG mais atuais e muito mais aprofundadas não mereceram menção na capa, apenas essa, pequena e ´velha´.

Neste caso, como se pode ler no próprio iG em reportagens das agências Efe e AFP, os vencedores foram o francês Albert Fert e o alemão Peter Grünberg. Eles descobriram o dispositivo que revolucionou o mundo da informática ao permitir aumentar a capacidade de armazenamento dos discos rígidos (HD) e, assim, reduzir seu tamanho.

Trabalhando separadamente, Fert e Grünberg descobriram o ´gerador de magnetorresistência gigante` (GMR, sigla em inglês), um efeito mecânico quântico que permitiu aumentar em 50 vezes a capacidade de armazenamento em HDs de computadores, aparelhos musicais, eletrônicos e câmeras de vídeo, além de reduzir seu tamanho. Aparelhos como os iPods e outras miniaturas maravilhosas só podem existir por que Fert e Grünberg fizeram sua descoberta.

O GMR permite que pequenas mudanças magnéticas gerem grandes variações na resistência elétrica, o que o transforma na ferramenta ideal para ler dados procedentes de HDs, porque nele a informação registrada de forma magnética tem que ser transformada em corrente elétrica.

Muitos leitores, obviamente usuários de computadores, já que se trata de notícia publicada num portal de internet, devem ter se sentido atraídos pela notícia, que o iG fez muito bem em destacar. Os prêmios Nobel são em geral muito interessantes pela narrativa de aventura científica que trazem junto com eles. São também muitas vezes relatos humanos interessantes. Muitos trazem uma espécie de moral, quando não também a memória de uma jornada individual heróica. Isso sem falar no relato dos benefícios (às vezes malefícios) que os avanços científicos trazem consigo.

Muito disso está no iG. A pena é que esse conteúdo não tenha recebido remissão desde a primeira página. O portal publicou 16 reportagens sobre o assunto. O conteúdo mais interessante e jornalístico está lá, mas é difícil achar. A chamada de capa vai para uma das mais pequeninas reportagens de toda a cobertura, e que tem o link somente para uma nota sobre o Nobel de Medicina. Sem facilidades, os leitores podem migrar para outros veículos, com pouco cliques, e logo satisfazer sua curiosodade. Faltou atenção na edição.

Veja aqui algumas das reportagens sobre o assunto:

– Ganhadores do Nobel de Física tornaram possível nova era na informática

– Alemão vencedor do Nobel de Física comemora prêmio com champanhe

– Nobel de Física de 2007 vai para descobridores de nova técnica informática

– Francês Albert Fert e alemão Peter Grunberg ganham Nobel de Física

– Os vencedores do prêmio Nobel de Física 2007′

***

Mais problemas de correio eletrônico (8/10/07)

‘O assunto hoje é uma grande dor de cabeça para todos os afetados: e-mail com problemas.

Um número crescente de internautas tem entrado em contato com este ombudsman para reclamar do seu correio eletrônico do iG.

Os problemas apontados são vários, todos muito graves. Veja a lista:

1) Interrrupção, súbita e sem aviso, do serviço de e-mails por horas, dias e até semanas;

2) Perda ou bloqueio de caixas postais

3) Lentidão

4) Dificuldade de contato com o Serviço de Atendimento

5) Falta de resposta rápida do iG quando seus clientes reclamam dos e-mails.

Estamos diante do que parece ser uma situação grave e sem que esteja havendo uma comunicação prévia, transparente e rápida com os internautas afetados.

Veja abaixo algumas das mensagens relatadas ao ombudsman. Preste atenção aos casos e note a aflição presente em todos os envolvidos.

´Sr. Ombudsman

Esta é a segunda vez que lhe escrevo e o problema continua sendo o mesmo. Desde o mês de junho deste ano, venho tendo problemas com o iG banda larga. Fiquei mais de 15 dias fora do ar e não conseguia baixar meus e-mails. Quando o problema parecia sanado, veio a mudança para o novo e-mail do iG. Foi aí que começaram novamente os meus problemas. Tentei por várias vezes a regularização dos mesmos com a central de atendimento ao cliente e aquelas maquininhas que não sabem o que estão ali fazendo. Ficam repetindo sempre a mesma história, reconfigure conforme estou lhe informando, configure novamente, e novamente. Já fiz todas as reconfigurações possíveis e imagináveis em meus e-mails e nenhum dos três, ou seja, iG, SuperiG e Ibest estão funcionando corretamente. Entro em meus e-mails via web e vejo que tenho mais de 1100 e-mails no SuperiG, tenho mais de 220 no iG. Quando tento baixá-los, no Outlook aparecem 320 no SuperiG e 25 no iG. Eles começam a baixar e travam com menos de 50 e não baixam mais. Estou aguardando um contato o mais urgente possível, pois tenho e-mails extremamente necessários que precisam ser baixados. Obrigado`

Marco Antonio Moraes

´Prezado senhor,

Eu como milhares de outros assinantes do ‘SuperiG’ possuímos assinatura com este servidor devido a linha de banda larga e no meu caso uso exclusivamente do iG somente o serviço de e-mail (pois a página de site do SuperiG/iG era a mais lenta de todos os sites – ‘critica construtiva’)

E este serviço de e-mail anda muito precário, há algumas semanas era um defeito nos servidores, na outra semana eram dificuldades no sistema. Nesta semana é porque o iG resolveu mudar a plataforma do e-mail para o Google e nós assinantes pagos ficamos indefinidamente sem o serviço de e-mail.

A questão é que usamos o e-mail para trabalho, contacto, agendamento de reunião, pedidos de clientes tudo através de e-mail, mas o e-mail do iG não me parece mais confiável. Sem autorização e nem comunicação do que isso implicaria, foi simplesmente migrado e perdi uma reunião de um cliente. Além de diversos prejuízos com relação a atrasos em respostas ao meu cliente, solicito um feedback do iG, para saber por que não somos informados quando o serviço vai ser interrompido. Por que o suporte técnico ou não atende ou não pode fazer nada? E, portanto, qual a confiabilidade que podemos ter nos serviços de e-mail prestados?

PS: Mudar é sempre bom, e com o objetivo de melhorar, mas isto tem que ser feito com planejamento, suporte, estrutura de atendimento e com informação.

Atenciosamente`

Eng. Charles Eduardo

´Sr. Mário,

Não quero me estender no assunto dos problemas ocorridos com o sistema de e-mail do IG, devo dizer que fica a impressão de estarmos pagando por um serviço que funciona somente quando vocês querem. Hoje entrei em contato com o atendimento on-line e fui informado que o iG esta com problemas técnicos e que devo esperar até 48 horas para solução do problema. Somente nos últimos dias já fiz 4 contatos com o serviço on-line em função de problemas com o meu e-mail. Este fato esta gerando diversos transtornos nas tratativas dos meus negócios. Quem vai pagar por isso?

OBS.: Espero que este e-mail chegue ao seu destino. Atenciosamente,`

Marcio Rogério de Souza

´Prezados Senhores

Novamente venho importuná-lo por causa do iG, servidor de internet. Desde o dia 29/08 que Acesso a banda Larga do iG, do qual sou assinante, acesso a home-page do iG, consigo acessar minha caixa postal, verificar os e-mails ali existentes. Porém, quando vou baixar os mesmos para meu computador não consigo , minha senha é recusada pelo servidor, Já enviei quatro e-mail ao suporte do iG e a única coisa que fizeram foi me enviar um endereço de internet para que eu visualizasse os e-mails, o que eu faço normalmente. Tenho tentado fazê-los entender que quero é baixar minhas mensagens mas não tenho obtido resposta. Por favor me ajudem, Grato`

Odair Ferlin Lopes

´Venho pela terceira vez, reclamar que o vosso servidor está travando o programa gerenciador de e-mails na baixa via POP. Tenho 168 e-mails que não são baixados e travam meu gerenciador. Solicito urgente providência. O serviço do SuperiG é pago, não deveria estar com o alto número de problemas que se apresentam nos últimos meses.`

Carajá

´Boa noite,

Há mais de 10 dias estou sem e-mail. Apesar de várias tentativas ninguém consegue me ajudar. Seus atendentes são muito educados, mas o problema continua. Na navegação está tudo ótimo, mas divulguei meu e-mail do BrTurbo e até o momento não está no ar. Já tentei por telefone, por chat, mas me enrolam e ninguém resolve. O que fazer? Faço reclamações para quem?

Aguardo Retorno`

Valdomir Oliveira

´Sou cliente do BrTurbo há mais ou menos dois anos. Em torno de cinco meses atrás, na mudança de plataforma para a do iG, foram suprimidas sessenta e sete pastas, com dezenas de e-mails dentro. Venho entrando em contato com o suporte técnico durante todo este tempo, sem nenhum resultado. Atendentes me prometeram de tudo, e um deles disse que eu não teria as pastas de volta, sendo corrigido por atendente com que falei posteriormente, inconformado.`

Ricardo Galvão

´Desde segunda feira desta semana tento entrar no meu e-mail através do Outlook Express e não tenho sucesso. Recorrentemente aparece a janela para eu entrar com login e senha, mas, mesmo confirmando-os não obtenho sucesso. Procurei no site um telefone para poder entrar em contato ou o atendimento on-line do BrTurbo e nada, a mensagem é ‘Nossos operadores estão ocupados. Por favor aguarde para ser atendido. Estamos com indisponibilidade temporária em nosso sistema de e-mail, por favor tente novamente mais tarde.’

Depois de mais de uma hora de espera e nada de atendimento ainda tenho de ter paciência e continuar aguardando?

Até quando? Sou cliente BrTurbo e estou insatisfeito com o serviço prestado. Preciso falar com alguém a respeito. Poderia me ajudar?`

Humberto Vilani

´Prezado ombudsman,

Tenho IG mail desde 1998 e na semana passada algum hacker ou coisa parecida acessou minha caixa postal e mudou minha senha. Desde ontem entrei em contato com o SAC enviando meus dados e pedindo nova senha, com urgência, pois tenho informações e contatos muito importantes em minha caixa postal, mas não obtive nenhum retorno. Por favor, como devo proceder?

Grata por sua atenção`

Ana Paula de Araujo

´Boa noite,

O IG está causando uma trapalhada na minha vida, sou usuário antigo do mesmo, porém com essa nova mudança as mensagens estão demorando de 5 a 6 horas para chegar, como posso trabalhar? Envio uma mensagem e ela demora 5, 6 horas para chegar. Aí o destinatário me responde demora mais 5, 6 horas para chegar. Ou seja, a resposta demora só 12 horas! Estou perdendo negócios, sou representante comercial, como fica? Já não basta eu ter perdido todos meus arquivos (pastas). Pelo amor de Deus, me ajude`

Sergio Marcos de Oliveira

´Bom dia, Mário

O que eu temia aconteceu… por mais de 3 semanas venho perguntando ao iG se a mudança das caixas postais vai afetar os e-mails guardados nas duas contas que uso profissionalmente e obtive apenas silêncio como resposta, o que já não prenunciava nada de bom. Por 4 vezes me manifestei contrário à mudança, caso não houvesse garantias de preservação dos meus e-mails, inclusive apelando para você na quarta mensagem, que pela sua qualidade de ombudsman julguei poder advogar os interesses do lado mais fraco nessa relação…

Mas hoje de manhã, iniciando o meu dia de trabalho, ao tentar abrir minha caixa postal, encontro um contrato de serviço impedindo meu acesso à caixa postal, sem que me seja dada a possibilidade de discordar, pois a única maneira de prosseguir no processo de entrar é aceitando o contrato, não deixaram outra alternativa. Eu não recebi qualquer mensagem do IG sobre as minhas dúvidas (que considero pertinentes), mesmo após o seu pedido pessoal.

Peço sua ajuda no sentido de resolver a questão da melhor forma possível.

Atenciosamente`

Orlando de Barros Horta Junior

´Olá Mario.

Novamente recorro a este canal para me comunicar com o iG, pois já entrei em contato com a Central de Atendimento e mais uma vez não obtive respostas por lá. Os e-mails enviados e recebidos pela conta do iG estão demorando muito.

Sempre houve um atraso, mas agora está demais. E-mails enviados na tarde de ontem para mim, só estão chegando na manhã de hoje. Alguns chegaram a ter um atraso de 20 horas. Esse problema já vem se arrastando há um certo tempo. Eu pensei que depois da parceria do iG com o gmail, esse problema acabaria. Mas não é isso que vem acontecendo. Você poderia me dizer o porquê dessa demora? O uso desse e-mail Está impraticável. Agradeço a atenção e aguardo respostas. [ ]´s`

Rafael Bruno

´Bom dia. Desde o inicio dessa semana os usuários do domínio que gerencio não conseguem enviar e-mails para o domínio ig.com.br. Isso ocorre sem notificação previa ou posterior e aparentemente sem motivo. Por favor, poderia esclarecer? Obrigado`

Cristiano Gondo

´Sr. Mario,

Boa Tarde! No momento em que entrei com esta reclamação, já estava fazendo quase um mês que eu estava sem o acesso ao meu email do IG. Após seu atendimento ao meu email, já está por completar um mês e nenhuma providência foi tomada. Conforme pode ser verificado pelo registro no IG, estou há anos com este email, que é o mais divulgado nos meus negócios e contatos. Estou com informações importantes presas na caixa postal, contatos que estou perdendo e sem ter nenhum acesso nem para resposta. Peço da empresa, a urgência na solução, pois, caso contrário, estarei ingressando na Justiça para requerer meus direitos perante tudo o que estou perdendo com este bloqueio. Aguardo seu retorno. Ats.`

Luiz Antonio Costa

´Gostei do novo e-mail IG, porém existe uma falha que gostaria de ver sanada. Quando um e-mail recebido deve ser encaminhado para vários endereços, não existe mais aquela ferramenta de acionar a caixa de endereços e selecionar um ou mais de um contato, para envio direto. Agora tem que digitar um a um quando se quer encaminhar, aquela ferramenta, só existe para novas mensagens. Acho uma falha gritante, para quem esta querendo simplificar o sistema.`

Luiz Françoli

´Será que existe no iG alguém que possa atender a um cliente ou ‘usuário’?

1. Não consigo encaminhar mensagens recebidas via iG, pois ao abrir o encaminhamento, este não está lincado com a lista de contatos. Isso acontece desde a alteração para essa nova versão. Já reclamei duas vezes e não tive retorno e nem solução para o problema.

2. Algumas mensagens endereçadas ao meu e-mail estão voltando por ´problemas no servidor´. O curioso é que de algumas procedências as mensagens entram na Caixa Postal de outras, não.

Peço o favor de uma providência. Grato`

José Augusto Queiroz

Como se nota, as falhas às vezes afetam domínios inteiros, causando interrupção nos contatos entre empresas, parceiros de trabalho, grupos, comunidades, famílias, muita gente. Isso acontece no momento em que o iG adota uma parceria com o Google, mas infelizmente provoca nos envolvidos uma reversão das expectativas de solução dos problemas anteriores.

Há muitas síndromes hoje em dia. Uma das mais doídas é a do bloqueio das comunicações.

O ombudsman enviou perguntas à direção do iG sobre esses temas. Aguarde.’

O iG revela os seus cuidados

A editora-chefe do Último Segundo, Mariana Castro, esclarece os critérios usados na publicação do vídeo do operário que caiu de uma altura de dez andares, após ter sido eletrocutado. O assunto foi abordado na sexta-feira na nota ´Queda´. Leia, abaixo, a mensagem da editora.

´Caro Mario,

No vídeo do operário não há morte, sangue ou expressão de dor. As imagens são fortes, mas não estão totalmente nítidas e por isso o impacto é menor.`

´Essas características foram consideradas na hora de publicar o material da BandNews, sem edição do vídeo.`

´Normalmente os leitores são avisados de cenas fortes quando o conteúdo traz imagens chocantes de violência, de morte. Ou ainda em casos de procedimentos médicos, cujas imagens podem impressionar os internautas.`

´Depois da publicação do vídeo do operário, a redação alterou a legenda destacada na capa para alertar o usuário sobre as ´Cenas fortes´. Além disso, vamos inserir um verbete no Manual de Redação que deixe explícita a política do Último Segundo para divulgação de imagens chocantes.`

´Para comparação, o Último Segundo publicou a imagem do fotógrafo morto em protesto em Mianmá na primeira página do iG (segunda foto) Duas pessoas são feridas pelos tiros de soldados em protestos em Mianmá. Mas não divulgou na home, apenas dentro de uma nota, a foto do corpo do monge boiando no rio, também em Mianmá Chefe da junta militar de Mianmar aceita se reunir com enviado da ONU`

´Além da relevância jornalística das cenas, também foi levada em consideração a questão estética. A foto do corpo estava fechada, próxima, diferentemente da imagem do fotógrafo. Abraços`

Mariana Castro

Leitor questiona imagens ´fortes´

Ainda a respeito deste assunto, o leitor José Edward Janczukowicz questiona o termo ´imagens fortes´, usado na chamada do vídeo logo depois da nota ´Queda` ter sido publicada.

´Mário,

Importante o seu alerta sobre o ´sensacionalismo` do IG.

Ok! Mas, pergunto: o que quer dizer imagens fortes? São imagens ´saradas´? São imagens que tomaram anabolizantes? Ou seriam imagens chocantes, visto que ele levou um choque?

Quem faz as chamadas de primeira página podia ter um pouco mais de cuidado.`

José Edward Janczukowicz ‘

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem