Quinta-feira, 21 de Março de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1029
Menu

VOZ DOS OUVIDORES >

Rita Célia Faheina

10/02/2009 na edição 524

‘‘Para além, muito além dos egoísmos individuais, dos egoísmos de classe, dos egoísmos nacionais, é preciso abraçar, sorrir, trabalhar’.

– Pensamento de dom Helder Câmara. Ontem, o Dom, como o chamavam, comemorou o seu centenário na glória de Deus. Nós, aqui, devemos seguir o seu exemplo de vida.

‘Decepção. Este é o sentimento que resume a nossa torcida. Frustração é o sentimento de todos os desportistas cearenses. Sentimo-nos feridos, humilhados, mas firmes no amor ao nosso querido Peixe! Nosso Ferrão é assim. Não se torce, se ama!’. O desabafo é do torcedor do Ferroviário Atlético Clube, Pedro Marcos. Ele foi um dos inúmeros leitores que enviaram e-mails, durante a semana, revoltados com a enquete publicada, dia 30 passado, no O POVO Online.

Para lembrar a data dedicada aos mágicos, (comemorada dia 31), foi divulgada a seguinte enquete no Portal O POVO (www.opovo.com.br): Qual é a mágica mais difícil? As opções eram: viver com o salário mínimo; o Ferroviário ser campeão: terminarem as obras do metrô; concluir o Hospital da Mulher; tirar dinheiro da cueca. A torcida ficou revoltada e com razão. Assim como poderiam ter ficado os torcedores do Fortaleza, Ceará, Horizonte, Icasa, Maranguape ou de qualquer outro time de futebol.

‘É lamentável que um jornal do porte do O POVO tenha a infelicidade de promover uma enquete onde formula a dificuldade do Ferroviário ser campeão. Acho que, além do deboche, desconhece o desempenho do clube coral pelos nove campeonatos ganhos sendo um bicampeonato (1994-95)’, reclamou Alberto Romcy e Hélio Pessoa completou: ‘Para um clube que vai fazer 76 anos (foi fundado no dia 9 de maio de 1933), de gloriosa história no desporto cearense, o mínimo que se espera é respeito por parte dos veículos de comunicação’. Outro torcedor disse por telefone, que O POVO não tem o direito de utilizar o nome do Ferroviário para chacotas e desrespeito..

DESCULPAS?

Como se desculpar diante de um apaixonado pelo seu time? Aliás, paixão de famílias inteiras, como disse Felipe Mirabeau. Por e-mail, lembrou que o amor e a honra ao Ferrão vêm de gerações passadas. No Portal oficial do Ferroviário (www.ferrao.com.br), o número de reclamações também foi grande. Exigiram até uma posição da diretoria, Conselho Deliberativo e da Associação dos Amigos do Ferroviário.

Com uma lista enorme de e-mails e vários telefonemas, liguei, na tarde de sexta-feira, 30, para a editora de Convergência, Marília Cordeiro. Ela explicou que a enquete divulgada no portal O POVO Online (já retirada naquela tarde) é elaborada pela equipe de telejornalismo do Grande Debate da TV O POVO. A enquete é publicada pelo portal e o resultado é divulgado no programa que vai ao ar dentro do Grande Jornal apresentado, de segunda-feira a sexta-feira, das 12 horas às 14 horas. Ao dar o resultado no programa, segundo Marília, o apresentador Ruy Lima pediu desculpas aos torcedores.

Desculpas não adiantaram muito para os torcedores como disse um deles por e-mail: ‘Agradeço pela atenção e resposta enviada. Quanto ao pedido de desculpas, acho que seria mais interessante que, através de atitudes, integridade, respeito e responsabilidade frente à instituição Ferroviário, fossem as desculpas mais adequadas. Não adianta apenas depois do soco dado, da flecha lançada, das palavras proferidas vir pedir desculpas. Infelizmente o estrago está feito’.

E A TV?

O diretor de jornalismo da TV O POVO, Marcos Tardin, respondeu aos torcedores que o programa, como o próprio nome sugere, é de confronto de idéias, discussões sobre os problemas da Cidade, mas também recebe artistas, músicos, cantores e, como foi o caso do dia 30 passado, os mágicos. Tardin explica que o Grande Debate tem características marcantes, entre elas a descontração, o bom-humor, até por conta da personalidade do apresentador, Ruy Lima, e a interatividade, incentivada pelas enquetes, comentários e perguntas dos telespectadores.

‘Para que a enquete possa ficar disponível a um número maior de participantes, costuma ser divulgada no site do O POVO, embora sua formulação seja da equipe de Jornalismo da TV O POVO. Não é, portanto, de responsabilidade do jornal impresso nem do portal’. Segundo Tardin, não houve intenção desrespeitosa na realização da enquete.

Afirma que o apresentador Ruy Lima é fervoroso torcedor do Ferroviário e menciona isso sempre durante o programa. Na sexta-feira (30), diante da manifestação dos torcedores, o apresentador fez um pedido de desculpas ao vivo, e a enquete foi retirada. ‘Aqui fica o meu pedido de desculpas pelos transtornos e aborrecimentos que a enquete tenha causado aos torcedores do Ferroviário’, conclui.

É preciso, porém, ser muito mais criterioso na elaboração das enquetes do Grande Debate.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem