Sábado, 26 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

VOZ DOS OUVIDORES > O POVO

Rita Celia Faheina

24/11/2009 na edição 565

‘Tenho anotado, desde o último mês de setembro, os erros nas matérias do O POVO com relação aos números. Os leitores me ajudaram nessa tarefa. E não são poucas as incorreções quando as matérias se referem, por exemplo, a datas, percentuais e somas. Ocorre que, sem a devida atenção do repórter ou editor, saem publicados, em uma mesma matéria, números desencontrados. Ou então o leitor tem uma informação num dia sobre determinado assunto (envolvendo números) e em outra edição, no dia seguinte, mudam os números da mesma matéria.

Vamos aos exemplos. Na edição do dia dois de setembro passado, na página 3 (Fortaleza) havia a informação de que o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Monteiro, deveria empossar 223 escrivães e 85 delegados. Na matéria do dia anterior, o anúncio era de que seriam empossados 74 delegados. Outra notícia se referia a 75 delegados. Perguntei à redação, no comentário interno, qual seria o número correto e a resposta veio na seção ‘Erramos’ publicada nas páginas de Fortaleza. Eram 85 delegados.

No dia 20 daquele mesmo mês, uma noticia sobre a internação do vice-presidente José Alencar informava que ele estava lutando contra o câncer há 15 anos. Numa matéria do dia anterior informava que a doença atacara o vice-presidente da República há 12 anos e que ele já passara por 15 cirurgias. Esta última informação é a correta.

Outra confusão de números foi notada na edição do dia 25 de setembro na página de Brasil, 29. No abre da matéria (pequeno resumo antes do texto) com o título ‘Lojas de Fogos explode e duas pessoas são mortas’ informava que duas pessoas tinham morrido e 12 ficaram feridas. O primeiro parágrafo da matéria iniciava dizendo que a explosão deixara dois mortos e nove feridos. Logo em seguida, informava que o Centro Hospitalar da cidade (Santo André-SP) confirmara o atendimento de 12 feridos. Leitores ligaram reclamando dos números desencontrados.

Na edição do dia seguinte, 30, no GOL! , no abre da matéria ‘Rainha das Corridas’ dizia que a atleta Antônia Bernadete tinha 24 anos. No início da matéria que ela estava com 32 anos. O quadro com o seu perfil confirmava a idade da atleta. Nascera em novembro de 1977, portanto completaria 32 anos este mês. Quando saiu a matéria ainda estava com 31 anos.

Lembro as notícias sobre o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) publicadas na edição do dia dois de outubro nas páginas de Fortaleza e Brasil. Na página 4 (Fortaleza) informava que a reimpressão das provas custaria aproximadamente R$ 35 milhões. Na página 27 (Brasil), que, só com a impressão, o MEC gastaria em torno de R$ 34 milhões. Na mesma página 27, na matéria principal dizia que a prova seria aplicada em 1.828 municípios. Na matéria coordenada, a informação era de que o exame seria aplicado em 1.829 cidades.

Mais uma confusão de números na edição do dia 26 de outubro passado. Na capa do O POVO, o leitor tinha a informação de que um atentado no Iraque deixara 130 mortos e 600 feridos . Mas na pág. 26, embora o título mostrasse o mesmo número de mortos, no abre dizia que, pelo menos 136 pessoas tinham morrido e 600 estavam feridas. No texto, o leitor tinha a mesma informação, mas no quadro com o título ‘A Cronologia e o Fato’ dizia que o número de feridos era estimado em mais de 700.

Muitos outros números desencontrados foram notados pelos leitores em edições do mês passado e não cabe citar todos aqui. Mais recentemente, na edição da última quarta-feira, 18, na página 2, a Coluna Vertical informava que a Escola de Formação de Governantes comemorava 10 anos. Outra notícia, na mesma página, anunciava que a mesma Escola comemorara numa solenidade na Assembleia Legislativa, seus 15 anos de fundação.

Ainda naquela edição, na página 21 (Política), duas matérias, numa só página, continham números que deixavam o leitor em dúvida. A notícia sobre os gastos dos candidatos na campanha da OAB-CE anunciava que Francisco José Colares Filho tinha sua candidatura oficializada no último dia 10. Mas no quadro ao lado da matéria, a informação era de que a candidatura de Francisco José tinha sido oficializada somente no dia 11.

A matéria sobre a escolha de novos desembargadores, também na página 21, informava, no título, que seriam oito. No texto dizia que atualmente são 27 desembargadores, mas que o desembargador Ernani Barreira, presidente do Tribunal de Justiça, pretende empossar os escolhidos ainda em 2009, o que elevaria para 34 a composição completa da Corte. Ora, se o leitor somar 27 com 8, o total será 35 e não 34.

Telefone mudo

Desde a última terça-feira, 17, e até o início da tarde de sexta-feira, 20, o telefone 3255 6181, o número que a ombudsman atende aos leitores, ficou sem funcionar. Um problema técnico deixou o aparelho sem receber chamadas nesse período e, por isso, peço desculpas aos leitores. Mas já podem voltar a ligar no horário de atendimento ou deixar o recado na secretária eletrônica. Esperamos que o problema não volte a se repetir.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem