Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

VOZ DOS OUVIDORES > UOL

Tereza Rangel

04/02/2008 na edição 471

‘O UOL Carnaval precisa acordar mais cedo. Dormiu pelo menos até as 13h18 de hoje. Nesse horário, a última notícia no site era de 21h51 da véspera. A foto principal, de fato ocorrido em 29 de janeiro (da participação da ´Mulher Samabaia` em ensaio em São Paulo). Enquanto isso, a concorrência estava com suas páginas especiais atualizadas e com índices de notícias recheados. O público percebeu.

´Noto que a cobertura que o UOL realizou no primeiro dia de Carnaval foi muito aquém da oferecida por outros portais. O Terra, por exemplo, produziu matérias durante toda a madrugada de hoje (1º de fevereiro, enquanto a última matéria da estação Carnaval do UOL foi às 21h51 de ontem (31/01).´

Rodrigo

Por volta das 14h, iniciou-se a atualização do site. A lista de notícias foi montada com reportagens com horários retroativos, e a home mudou. Quem entrou na home page de UOL Carnaval por volta das 15h30 viu duas vezes a foto do Marcelo Tas. Com chamadas idênticas. Culpa da automação. É que o bloco ´Pelo Brasil` copia de forma robotizada as fotos e chamadas que são editadas nas home pages de São Paulo, Salvador, Rio, e Recife e Olinda. Como em Salvador havia sido editada a mesma chamada da home page da página do site de Carnaval, o leitor teve de conviver com a repetição.

Sem comentários.

A redação do UOL diz que a partir dessa tarde iniciou cobertura 24 horas do Carnaval pelo Brasil.

***

Para a história do mau jornalismo (31/1/08)

A ´notícia` acima, de ´prisão de ex-BBB´, foi manchete de UOL Televisão, uma das submanchetes do especial BBB e foi parar na home page do UOL por mais de dez horas, entre os dias 28 e 29 últimos.

A ´reportagem` e a edição do UOL podem entrar para a história do mau jornalismo. Por quê?

1. O UOL deu muito destaque a não-personagem, uma ex-celebridade que já teve seus 15 minutos de fama. Fernando quem? A rigor, portanto, não merecia as chamadas que teve (exceto, talvez, no site do BBB).

2. O texto era mal escrito, pouco claro e com erros de português.

3. A ´reportagem` não respondia a algumas questões básicas. Onde foi o acidente? Quantos e quais carros envolveram-se no acidente? Alguém morreu ou ficou ferido? Quais foram as ofensas? Que bombeiros foram ofendidos? Por que não foram ouvidos? Quem eram os ocupantes dos outros carros? Por que não foram ouvidos? A Rede TV! registrou a chegada de Fernando aonde? Quem fazia parte da equipe de reportagem da Rede TV!? Por que não se ouviu a Rede TV!? Quem é o advogado do ex-BBB citado no texto? O rapaz foi preso onde? Ainda está preso? Já foi solto? O que as autoridades que o prenderam têm a dizer? Qual foi sua participação no BBB?

4. A notícia é velha e foi dada como nova. O acidente de carro e a prisão do jovem ex-celebridade não aconteceram na noite/madrugada de domingo para segunda, mas em 30 de outubro de 2005. Isso mesmo, o parceiro Na Telinha publicou notícia antiga, com mais de dois anos de vida, como ´notícia quente` (sabe-se lá de onde veio a informação).

O caso aponta para um descaso do UOL com o rigor jornalístico. Ao permitir que ´notícia` com tamanhos problemas ganhe destaque em várias áreas do portal, o UOL vira co-responsável da prática do ´publicar-sem-apurar` e coloca sob suspeição outras notícias que divulga. Por que o leitor deve acreditar em manchetes sobre a taxa de juros ou a crise nas Bolsas, se o UOL mostra-se incapaz de identificar falhas graves em assuntos banais? Se os envolvidos nas múltiplas edições tivessem se dado ao trabalho de telefonar ao parceiro para pedir um detalhe que fosse (o nome do advogado, por exemplo), o vexame poderia ter sido evitado.

Além disso, se o portal dispõe-se a fazer a cobertura intensiva do reality show, deveria ter especialistas no assunto capazes de lembrar a prisão do ex-BBB e suas circunstâncias há dois anos e tanto.

O episódio mostra ainda a dificuldade que o portal tem em assumir erros rapidamente. Afinal, passaram-se mais de 40 horas desde que a redação recebeu e-mail de leitor alertando para a possível bola fora, até que a primeira versão de errata fosse publicada e chamada na home page. Essa versão era envergonhada, ao não assumir a co-responsabilidade do UOL no caso. Afinal, ao dar destaques à ´notícia´, o UOL falhou em sua missão de filtrar o que lhe oferecem como ´informação` e garantir a qualidade do que publica. Uma segunda versão da errata foi ao ar pouco depois das 16h20, com a assunção de responsabilidade.

O fato, por fim, expõe a fragilidade do UOL na sua relação com parceiros. Como sustentar o slogan de ´o melhor conteúdo` quando o UOL faz parcerias com equipes capazes de veicular notícias como a que abre este post?

Para quem ficou curioso sobre o que de fato aconteceu em 2005, destaco abaixo três reportagens da Folha Online sobre o episódio do ex-BBB.

Ex-BBB se envolve em acidente de trânsito e acaba preso em SP

Ex-BBB acusado de desacato e injúria permanece preso em São Paulo

Polícia transfere ex-BBB para CDP

***

Barriga na cobertura do BBB (28/1/08)

O UOL se propôs a acompanhar com lupa a oitava edição do reality show Big Brother Brasil, da Rede Globo. Fez um site especial que ganhou status de estação e foi parar no menu principal do portal. Diariamente, a home page ainda dá chamadas editoriais para o programa. Muitos internautas reclamam do excesso na cobertura, sob a alegação de que preferiam ver assuntos mais relevantes destacados pelo portal.

Defendi aqui a cobertura do programa, um fenômeno de audiência (não somente na televisão, como também na Internet), mas sugeri que a cobertura fosse bem feita. Isso não está acontecendo.

Hoje, a redação do site do BBB no UOL cometeu uma barriga (jargão jornalístico para publicação de erro grave de informação). Disse que um dos participantes do programa indicados ao paredão desta semana, Alexandre, havia desistido do jogo e abandonado a casa.

Na verdade, o rapaz comprara o direito de sair da casa e fora passear na praia.

O UOL manteve o erro no ar por cerca de quarenta minutos. O texto ´Alexandre desiste do jogo e sai da casa do BBB` foi publicado às 8h. Foi modificado às 8h37 para ´Alexandre sai da casa do BBB´, às 8h43 para ´Alexandre sai da casa e vai a praia` e, finalmente, às 10h55 para ´Alexandre sai da casa do BBB para passear´. Não havia referência ao erro e em todos os casos o horário original da publicação do primeiro texto, errado, era mantido. Somente às 11h48 houve a publicação de uma errata. Pior, ela saiu inicialmente apenas na lista de Últimas Notícias e não no site em que o erro foi cometido: o especial do BBB. Entrou na lista de notícias do especial do BBB somente às 15h04 (com o horário antigo, das 11h48). Ou seja, mais de sete horas depois da publicação da informação errada.

Muita gente reclamou e com razão. Afinal, se o UOL se dispõe a fazer uma cobertura extensiva do programa, deveria fazê-la bem feita. No momento em que Alexandre deixou a casa, o UOL já deveria saber por quê. Mesmo que não soubesse, não deveria inferir que o rapaz abandonou o jogo. Até porque o site oficial do programa não trazia essa informação. Erros como o de hoje arranham a imagem do UOL. Repercutem na Internet, em notinhas e posts com títulos como ´Big Mancada do UOL` ou ´Mico do UOL´.

Esse foi o problema mais grave até agora na cobertura do UOL no BBB. Não foi o único. Em pelo menos dois domingos, o UOL manteve na home do BBB enquetes que já haviam perdido a validade com a formação do paredão. Ontem, até pelo menos meio-dia, a foto principal do especial dizia ´começa a festa´. Era notícia velha. A festa acabara havia horas e havia sido agitada, com fim de romance, bebedeira, discussão entre amigas e muita dança. Outro problema constante no especial é o excesso de erros de português, inclusive nas páginas do dia-a-dia, que deveriam ser mais bem acabadas, porque ficam como arquivo do programa. Erros de toda a natureza: ortográficos (´biquines´, ´lider´), de concordância (´eles tem´, ´cenas que mostrava´), de pontuação (´Já Galego, afirmou´, ´foram entrevistadas por Pedro Bial que teve ajuda´).

A redação fala

O editor de entretenimento Marcelo Negromonte, a quem agradeço, enviou o seguinte texto.

´A equipe responsável pela redação do site ´Big Brother Brasil 8´, que atua 24 horas por dia, já foi orientada a agir com mais rapidez na correção de erros e na publicação de erratas, pelo bem da transparência do portal. É fundamental que os erros de informação sejam evitados, por meio de apuração, e, se houver, sejam corrigidos o mais rapidamente possível. Hoje não aconteceu isso.

A equipe responsável pelo site BBB igualmente já foi cobrada para que erros banais de digitação e português, como os que você apontou, sejam evitados.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem