Domingo, 27 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 14 E 15/8

Terra Magazine

17/08/2010 na edição 603

FLAGRA
Eduardo Tessler

Aspirantes a celebridades invertem lógica e caçam paparazzi

Aspirante a modelo adora ser fotografada. Faz parte do business dela. Aparecer, ser vista, admirada, procurada, até que surja um contrato para desfiles, sessões de fotos e, quem sabe, o estrelato.

As atrizes e modelos em decadência também adoram os paparazzi, fotógrafos em busca de bons ângulos de celebridades, para vender a revistas especializadas no assunto – que se proliferam como ratos em esgotos – e até websites. Uma foto, supostamente ‘roubada’, pode valer um bom espaço nas páginas dessas revistas. Um ‘flagra’, que de preferência revele ângulos generosos, decotes exagerados ou supostos namorados, tem lugar cativo na imprensa da fofoca.

As caçadoras de paparazzi sonham com fama. Sabem a que horas o fotógrafo estará na praia, buscando bundas bem formadas ou algum inesperado topless. Isso pode significar alguns reais no bolso do fotógrafo e minutos de fama à personagem. Muitas vezes combinam com o fotógrafo esse ‘inesperado’ lugar onde será executado o flagrante.

Ex-participantes de reality show, 6 meses depois do confinamento, costumam buscar paparazzi como candidato procura voto em tempos de eleições. São alvo fácil.

Mas o mais curioso é que os meios de comunicação – sites e revistas, em particular – adoram publicar esses exemplos de futilidade inexpressiva. Ontem, por exemplo, encontrava-se beijos de Juliana Silveira com seu novo namorado (affair, segundo o site) e de Isis Valverde com o seu. E daí? Elas não podem namorar?

Fotos inúteis muitas vezes vêm acompanhadas por textos desnecessários. Preciosidades como ‘Galisteu tem enfermeira para ajudar com bebê’, ‘Babi diz que não há ciúmes entre panicats’, ‘Daniele Suzuki ganha beijo depois do surfe’, ‘ex-BBB posta foto de sua infância no Twitter’ e ‘Juliana Knurst escolhe nome de filho através de numerologia’. Quanta informação.

A campeã da caça aos pararazzi é Nana Gouveia. Ex-modelo, famosa por fotos ousadas em revistas masculinas, ela vive em função dos fotógrafos de imagens roubadas. Não há semana em que Nana não esteja nos maiores sites do Brasil. Um banho de sol em Ipanema, um passeio de minissaia pelo Leblon, um café em qualquer lugar do Rio. Vale tudo para aparecer, desde que as curvas estejam em primeiro plano. Como anda afastada da TV e dos bons contratos, ela investe nas aparições relâmpago. Sempre consegue algum fruto.

Enquanto os meios de comunicação ficam cada vez mais rápidos e seletivos, cresce o público que consome celebridades e aspirantes a celebridades.

Antes os paparazzi caçavam bons ângulos de mulheres famosas e bonitas. Hoje são as aspirantes a atriz e ex-modelos que caçam os paparazzi. Vai entender.

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo – Domingo

Folha de S. Paulo – Sábado

Estado de S. Paulo – Domingo

Estado de S. Paulo – Sábado

Comunique-se

Carta Capital

Terra Magazine

Agência Carta Maior

Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem